Distrito de Benfica

Benevides é centro de ações culturais

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Os moradores e visitantes do município de Benevides poderão apreciar, até o final deste mês, duas exposições de fotografias, uma revelando o cotidiano dos bois de máscaras de São Caetano de Odivelas e outra destacando o patrimônio histórico de Benfica.
As mostras “De Olho no Boi” e “Bem Fica a Imagem”, abertas no dia 10 de junho, integram uma série de ações promovidas por meio do projeto “Município Sustentável: Benevides em Foco”, realizado pela Universidade da Amazônia – Unama, em parceria com a Prefeitura Municipal de Benevides.
As exposições foram inauguradas durante uma cerimônia informal, que contou com a presença do Reitor da Unama, professor Antônio Vaz; do Prefeito de Benevides, Edmauro Farias; da Secretária de Cultura, Hilma Begot; além de pesquisadores do projeto “Município Sustentável”, professores e alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo e autoridades locais.
A mostra “De Olho no Boi” foi realizada por meio do Núcleo Cultural Casa da Memória da Unama, em parceria com o projeto “Município Sustentável: Benevides em Foco”, e a Secretaria Municipal de Cultura de Benevides. O objetivo é proporcionar conhecimento, cultura, informação e lazer para as comunidades locais e alunos das escolas municipais.
UNIVERSO CULTURAL

A exposição lítero-visual, composta por imagens fotográficas e textos de autores nacionais, foi montada na Praça de Alimentação de Benevides e pôde ser visitada até o dia 29 de junho. Todos os materiais expostos pertenceram ao acervo da Casa da Memória e resultaram da ação interdisciplinar entre o curso de Moda, o Núcleo Cultural e o curso de Letras, durante visita às sedes dos bois de máscaras de São Caetano de Odivelas, em 2009. A intenção foi fazer um levantamento do modo de vida, os costumes e a organização social gerada pela manifestação cultural dos bois de máscaras no município. “O resultado da pesquisa foi a captação de depoimentos e imagens da cena cotidiana, do universo dos brincantes dos bois de máscaras e da comunidade envolvida, dando origem a um caderno educativo, que contribui para a preservação, registro e memória da manifestação popular com características marcantes da regionalidade amazônica”, explicou a coordenadora da Casa da Memória, Jonise Nunes. Ela ressalta que a produção do material educativo teve a participação dos estagiários: Winnie Rodrigues (desenhos), Fernanda Belém e Neuma Farias (produção).
Município inspira mostra de trabalhos de arquitetura
A exposição “Bem Fica a Imagem”, montada no Centro Integrado de Cultura (CIC) de Benevides, resultou de trabalhos práticos de alunos do 1º semestre de Arquitetura e Urbanismo, sob a supervisão dos professores Emanuel Franco, Fernando Navarro, Jorge Eiró e Pedro Bellesi.
“Aproveitamos a parceria com o Projeto Município Sustentável e escolhemos o município como foco para o trabalho”, disse Emanuel Franco. “Os alunos fizeram desenhos do patrimônio histórico da cidade e ensaios fotográficos. Após seleção, montamos exposição com 15 desenhos e dez imagens”.
Os trabalhos serão expostos na Galeria de Arte Graça Landeira, no campus Alcindo Cacela, em agosto. Na abertura da mostra, foram premiados os alunos Anderson Diniz e Maria Paula Castro. Cada um recebeu uma câmera digital. (Comunicação Unama)
fonte: Diário do Pará

Um comentário:

  1. Benfica e benevides precisam divulgar mais seus espaços e ações culturais, a diversidade e a potencialidade do Turismo Cultural na re região é gigantesca. Talvez a contratação de profissionais mais capacitados e comprometidos em desenvolver projetos históricos,turisticos e culturais seja a solução para se explorar melhor todo esse potencial. a consciliação entre patrimônio histórico, patrimônio natual, cultura e turismo são vastos, e recentemente vem se investindo muito nessas áreas, justamente por se perceber sua potencialidade econômica, direta e indireta. portanto, fica aqui um conselho de quem estuda e trabalha com cultura. invistão mais neste setor e verão o quão produtivo ele é!

    ResponderExcluir